Related Posts with Thumbnails
RSS

sábado, 15 de maio de 2010

Crepúsculo Vermelho - Laura Elias


Laura Elias - Crepúsculo Vermelho.

Editora: Mythos Books.
Ano: 2009
Páginas: 238

1º livro da Série Red Kings.

Megan é uma jovem de 17 anos subitamente envolvida em uma doce e sombria história de amor com Bill, famoso - e misteroso - lider de uma banda de rock. Ela só não sabia que Bill não é uma pessoa comum. Na verdade, ele pertence a um grupo de seres dotados de capacidades incomuns e gosto por sangue humano.

Comentários:

Recebi o livro da Laura (autora brasileira com vários romances publicados e mais conhecida pelo pseudônimo Loreley McKenzie) e simplesmente não consegui resistir. Deixei o livro que estava lendo e me concentrei na história da Megan, Bill e companhia. A Laura Elias soube montar uma história que nos prende até a última linha e, ainda, faz com que fiquemos loucos pela continuação. Ainda bem que já será lançada em junho. Não quero largar o Bill... ou é o Simon???? Assim como a Megan, fico em uma tremenda dúvida, afinal os dois são óóóótimos! ;)

Vamos aos detalhes dessa história:

Megan é uma jovem que está passando por um período nada agradável: ela anda tendo sonhos estranhos, insônia e ouvindo uma voz que a chama apaixonadamente. Nesse mesmo momento, surge um novo garoto em sua classe, cujos olhos a enfeitiçam. Simon mostra-se bem diferente dos garotos normais, sua força incomum, velocidade e olhos avermelhados apontam para uma só possibilidade: vampiro. Mesmo sendo proibido, Simon se apaixona por Megan, a qual parece retribuir seu sentimento... tudo isso até o show da banda The Red Kings of Dark Paradise, quando conhece o vocalista, Bill Stone. Ele é simplesmente perfeito e sua voz é a mesma que ela ouvia em seus sonhos. Seriam sonhos ou premonições de uma história de amor?

Esclarecendo alguns pontos:

* Diferente do que nós vemos por aí, a Laura lança uma nova variação dos vampiros: os rovdrys. São seres que possuem as mesmas características (beleza, força, velocidade, etc.), mas não se alimentam do sangue humano. Quando isso acontece, ou seja, um rovdry morde um humano, esse se transforma em vampiro, uma criatura maligna e atormentada. Achei super diferente e inovador!

* O livro é narrado pela Megan (que não é uma “aborrescente” como a Bella, viu?!). Apesar dos seus 17 anos, é madura, confiante, divertida e corajosa! Mas há alguns trechos, quase como um diário, em que conhecemos os pensamentos e sentimentos do Bill. Gostei muito dessa troca de vozes no texto. Você conhece os dois lados da história. Fora que o Bill é super romântico... *suspiros*

* A Laura dá bastante credibilidade ao Bill e aos demais integrantes, criando músicas, dados biográficos, enfim, fazendo do Red Kings, uma verdadeira banda de rock. A seleção musical, com várias bandas internacionais conhecidas e idolatradas, é belíssima. Faz com que você morra de vontade de assistir à interpretação sexy, melódica e apaixonada, ainda que melancólica, da banda;

* Esse triângulo amoroso formado entre Simon, Megan e Bill é bem construído. Os dois são inimigos mortais, já que os Blackwell (família de Simon) foram responsáveis pela morte de uma pessoa muito querida entre os Red Kings e, ainda, devem separar todos os casais interraciais (rovdrys e humanos). Só que eles precisam deixar as diferenças de lado pelo bem da Megan, afinal tem um ser sobrenatural muito mais assustador querendo matá-la;

* Os amigos da Megan são ótimos também. Gostei principalmente da Alice, uma amiga perfeita, que a escuta, apóia e defende. Ela é bastante madura, sincera e discreta. Também os integrantes da Red Kings, cada um com sua característica, nos conquistam. Adorei o Tray e seus dotes (além dos físicos, óbvio!!!) culinários...

* Os humanos deveriam adquirir algumas características dos rovdrys, principalmente, nas questões amorosas. Eles são monogâmicos e, quando amam, é para sempre. Quem concorda, levanta a mão! o/

* O livro, como já citei, faz parte de uma série:

Trilogia “Red Kings”:

  • Crepúsculo Vermelho;
  • Lua Negra (lançamento: Junho/10);
  • Luz da Noite (Título provisório).

* Enfim, uma ótima história sobrenatural, com detalhes inovadores, personagens bem exploradas e cativantes, enredo interessante e misterioso, que prende a atenção do leitor e faz disparar o nosso coração com o tom leve e romântico. Recomendo!

Destaques românticos:

1. “Pensei nela durante toda a noite. Imaginei como reagiria ao vê-la, se de alguma forma ela me reconheceria. Ela podia não gostar de mim ou, simplesmente, podíamos nunca nos encontrar. Não havia limites em mim para recebê-la, amá-la, protegê-la. Sem limites. Era assim que eu via a situação. Como também não havia limites para a escuridão de minha alma, se jamais a encontrasse, se jamais pudesse ao menos respirar o mesmo ar que ela.
Sem limites para o inferno de sua ausência, sem limites para o paraíso de sua presença...”

2. “Como ela reagiria ao saber da verdade? Sentiria medo, horror, repulsa? Que espécie de sentimentos, pensamentos e ideais cultivava? Que idade teria? E se fosse casada, e se amasse outro? Será que eu tinha o direito de interferir na vida de alguém apenas porque desejava ser feliz?”

É isso!

Gostou? Você pode encontrar e adquirir o seu “Crepúsculo Vermelho” clicando aqui ou aqui!

Obs: Aguardem!!! Faremos sorteio de Crepúsculo Vermelho aqui no blog, viu?! Não percam!

Promoção já lançada!!! Clique no banner e faça sua inscrição!!!


8 corações despertados:

Débora Lauton disse...

Adorei a resenha... e fiquei feliz em saber do sorteio... quem sabe não é dessa vez??rss...

beijos,
Dé...

Aracely disse...

Ótima resenha, como sempre! Sempre que venho aqui, saio com um novo livro para comprar e ler. Adorei saber do sorteio!!! Vou ganhar!!! (háhá!)

BeijO!

Anônimo disse...

Amei esse livro!!! Vampiros diferentes e uma protagonista bem diferente da Bella? Com certeza deve ser óóótemo!

Parabéns pelo blog, que é lindo, e obrigada pelas dicas!

Bjão!

Fatima disse...

Uia!!! Quero esse livro! Quando é a promo?! Preciso ganhar!! ;)

Leninha - sempre romantica disse...

Adorei esse livro, to ansiosa pela continuação!
Bill e Simmon, me aguardem!
UI calor!

Karlinha disse...

adorei a resenha. super chique completa.

Bia disse...

Já li!!! É mesmo ótimo! Sou fã do Simon, afinal ele está solteiro! hehehehehe

Gisele disse...

Me corrija se eu estiver errada...
Mais isso mais parece uma tremenda copia de Saga da Stephenie Meyer...