Related Posts with Thumbnails
RSS

domingo, 20 de junho de 2010

Resenha: Candy Halliday - Feito Para Você.

Sabrina 1566, Candy Halliday - Feito Para Você.

Temática: Amor antigo.
Par romântico: Matt Abbington e Annie Long.

Sinopse:

O homem ideal existe?

Cansada de relacionamentos mal-sucedidos e desilusões amorosas, Annie Long decide que, já que não consegue encontrar o homem perfeito, ela terá de criá-lo. "Joe Video" (disponível em DVD) é o namorado interativo ideal para a mulher moderna: atencioso, compreensivo, sexy, amoroso... com as vantagens adicionais de que nunca deixa a tampa do vaso levantada, nem monopoliza o controle remoto da TV, nem despedaça o seu coração!
Matt Abbington, um inesquecível erro romântico de Annie, e que por acaso é o chefe dela, acha que "Joe" vai fazer de sua empresa motivo de chacota. Enquanto isso, Rico, o lindo e charmoso modelo que fez o papel de Joe, oferece a Annie uma amostra de seu personagem na vida real... Mas o que realmente está tirando Annie de seu eixo são os olhares sensuais de Matt. Talvez o homem perfeito para ela não esteja, afinal, na tela da TV. Talvez seja o homem de carne e osso que faz de cada dia de Annie um desafio e de cada noite um verdadeiro paraíso...

Comentários:

Capa fofa, não é? Sinopse interessante, mas...


Vamos aos detalhes da história:

Quando seu último namorado termina a relação através de uma fita de vídeo, Annie fica revoltada e, já que trabalha em uma empresa que desenvolve jogos, ela decide se vingar criando um homem perfeito. Assim surge Joe Vídeo. Porém, seu chefe não ficou nada feliz com essa ideia, ainda que a tenha apoiado ao apresentá-la para o presidente da empresa.
Ao conhecer Rico, Annie sabe que ele deve ser Joe Vídeo, mas o seu sonho de homem perfeito se transforma em pesadelo. Para curar isso nada melhor que um relacionamento físico com o homem que faz seu coração disparar, Matt, seu chefe.
Só que esses dois que queriam apenas uma relação sem compromisso não esperam que sentimentos mais profundos compliquem tudo.

Esclarecendo alguns pontos:

* Achei Annie, a mocinha, totalmente confusa. Ela passa quase toda a história idealizando um homem perfeito que, na verdade, está bem longe do conceito de homens dos sonhos. Ele parece mais uma versão enjoativa e que não desgruda. Cruzes!

* Matt é tão fofo, ainda que não queira assumir seus verdadeiros sentimentos. Mas quando assume, ele faz tudo para conquistá-la e a louca nem percebe... sei não, viu?!

* Amigo gay é tudo de bom! Collin é ótimo. Engraçado, divertido, meio fofoqueiro, mas um amigo com o qual poderíamos contar nos piores momentos;

* O final é super bonitinho... gostei!

* A história é até interessante, mas é que adoro romances mais delicados e fofos, por isso a história não me cativou tanto assim.

Destaques românticos:

1.
“— Homens... — resmungou ele. — Pena que não venham com um controle-remoto para que se possa apertar a tecla avançar e pular a dor e o sofrimento quando se é rejeitado.”

2. “— Pode rir o quanto quiser, mas eu realmente desejo um Joe Vídeo de verdade ao meu lado. Quero ser mimada e adorada vinte e quatro horas por dia. Até que a morte nos separe.
Matt começou a rir.
— Está se enganando, Annie. Ficaria entediada se um sujeito a adorasse vinte e quatro horas por dia. Sem conflitos? Sem faíscas? Sem desafios? Parece uma coexistência monótona.
— Está errado — Annie respondeu, aliviada ao ver que estavam entrando no estacionamento do escritório. — Adoraria ser mimada e adorada todos os dias. Não quero me contentar com migalhas
.”

3.Ela o olhou por um momento, e depois jogou o cabelo para trás.
— Concordo que seja um idiota arrogante. Mas devo confessar que sua teoria estava correta. Ser adorada está me matando de tédio.
Matt sentiu o coração bater mais forte.
(...)
— Talvez não tenha se aborrecido por ser adorada, mas por ser adorada pela pessoa errada. Já pensou nisso?

~> Gostou? Baixe aqui!

É isso!
Até o próximo livro com coração...

7 corações despertados:

Aracely disse...

Poxa! Esse livrinho parecia ser fofo! Mas como quem vê cara não vê conteudo...

Adorei a resenha, como sempre!

Bjo!

larissa crislayne disse...

A capa me interesso ;)
AAh, eu gosto quando tem amigo gay, eles são muitoo divertidos o/
Concordo com Matt ser adora e mimada TODO tempo dever ser um tédio :P

Juliana disse...

Ja cliquei pra baixar. Um romance bem gostosinho de se ler.


bjs linda!

viajenaleitura.com.br disse...

Que capa hein??? Se eu encontrar em livro eu leio, e-book é meio complicado de achar tempo rsrsrs


Beijos

Luka disse...

Camilla,
Tenho raiva dessas protagonistas "cabeçudas" ! rsrsrsrs
Já anotei a dica !
Bjs
Luka.

Natália Alexandre disse...

Eu gosto dessa autora pelo humor em seus livros.

É uma das minhas autoras prediletas.

bjsss

ligadona disse...

Lembra a minha avó..Ela adorava ler Sabrina..rsrs..
=1