Related Posts with Thumbnails
RSS

domingo, 13 de setembro de 2009

As melhores declarações de amor (Cap. VI).

Algumas declarações de amor precisam de um lugar e um momento certo. Esses elementos ajudam e promovem um clima romântico propício ao “sim”, mas o mais importante é a pessoa ser a certa.


Cantando na Chuva
Título original: Singin’ in the Rain.
Ano: 1952.
Direção: Stanley Donen e Gene Kelly;
Roteiro: Betty Comden e Adolph Green.
Canção: “You were meant for me”, de Arthur Freed e Nacio Herb Brown.


Esse filme dispensa comentários, não é?! Na cena que escolhi, temos Gene Kelly (DON) e Debbie Reynolds (KATHY).

DON – Este é o cenário adequado.

KATHY – Mas é apenas um palco vazio.

DON – À primeira vista, sim. Mas espere um pouco. (Acende as luzes sobre a parede pintada ao fundo) Um belo pôr-do-sol.

Liga uma máquina.

DON – Brumas das montanhas distantes.

Acende outro holofote, desta vez sobre eles.

DON – Luzes coloridas no jardim.

Ele pega Kathy pela mão e a faz subir até o alto de uma escada armada no meio do palco.

DON – Minha dama em sua sacada, num pórtico cheio de rosas…

Acende um canhão de luz sobre ela.

DON – …Sobre a luz do luar. E mais 500 mil quilowatts de estrelas…

Acende outras pequenas luzes.

DON – Uma suave brisa de verão… (liga um grande ventilador) …e… Você fica linda sob o luar, Kathy.

KATHY – Agora que tem o cenário adequado, você pode dizer?

DON – Vou tentar. (Começa a cantar)“A vida é uma canção, você chegou.
Fiquei acordado a noite inteira”.

Ele anda até a escada em que ela está.

DON - “Se eu ousasse achar que você se importasse
Isto é o que eu teria a dizer a você:…”

Ele fica aos pés da escada, enquanto ela está no alto, com o vestido esvoaçante.

DON – “Você foi feita pra mim, e eu fui feito pra você”.

Ele sobe até ela.

DON – “A natureza fez você e quando ela terminou
Você era todas as coisas doces…”

Ela começa a descer e ele acompanha.

DON – “…em uma só.
Você é como uma triste melodia…”

Ele se aproxima, mas ela, encabulada, demora um pouco até corresponder o olhar dele.

DON – “…que nunca me liberta.
Mas estou contente: os anjos devem tê-la mandado
E eles a fizeram só para mim”.

Créditos (descrição da cena):
http://renatofelix.wordpress.com/2009/06/07/minhas-declaracoes-de-amor-preferidas-cantando-na-chuva/


Liiiiindo!!! Suspiros...

Aqui vocês podem conferir o vídeo da cena:

9 corações despertados:

Aline Maziero disse...

Oi Camilla,
mto linda essa cena!;)
adorei o blog!

Fernanda disse...

COm certeza uma das minhas de cinema preferidas também...

Natália Alexandre disse...

Tb adoro esse filme, super romântico e esse cena então, dispensa comentários.

Carla Martins disse...

Demais, demais!!! Suspiros ao quadrado!

beijokas!

Celsina disse...

Oii...
Amei seu blog!! Super fofo ^^
Vou te seguir, quero vim mais vezes aqui.
:)

Beijos!

La Sorcière disse...

Vc está sumida....o que acontece?
Adorei a cena....super linda!
Bj

Débora Lauton disse...

Oi sumida...

Não se você já recebeu, mas deixei um selinho pra você...

beijos,
Dé...

Débora Lauton disse...

Deixei outro selinho...

Tá tudo bem, Camilla??

beijos,
Dé...

karina leone porto disse...

Oi Camilla! Deixei um selinho para você lá no meu blog! http://www.k-romances.blogspot.com/ Espero que goste. Adoro o seu blog. Beijos!!