Related Posts with Thumbnails
RSS

domingo, 29 de março de 2009

Eu quero um acompanhante assim!!!


Bianca Edição Comemorativa, Samantha Carter - Um Acompanhante Para as Emergências.

Temática: Namoro de mentira.

Par romântico: Ken Parks e Jenny Forrest.

Jenny Forrest estava convencida de que no mundo todo havia uma conspiração contra as pessoas solteiras.

Solução: encontrar alguém do sexo oposto - relativamente atraente, apresentável e que não estivesse interessado em um relacionamento sério - para agir como acompanhante de emergência na linha de defesa contra familiares curiosos, ex-namorados petulantes e os bem-intencionados amigos que gostavam de bancar o cupido.

É aí que entra em cena Ken Parks: alto, bonito, charmoso, inteligente e, melhor ainda, o tipo de homem que não pretende se envolver seriamente com ninguém. Em resumo, um acompanhante de emergência perfeito!
Ou pelo menos era o que Jenny acreditava, até perceber que os beijos de Ken eram inesquecíveis e que o brilho em seus olhos acinzentados fazia-lhe mil promessas de amor.

Comentários:
Ai, gente... Ken tem que entrar para a lista de mocinhos perfeitos!!! Se pudesse dar notas para cada mocinho (Uma ótima idéia! Quem sabe...) entre 0 e 10, para Ken eu daria 11. rsrs

Ele é bonito, inteligente, engraçado, sincero, carinhoso, protetor e romântico. Enfim, tudodibom!!!

Em nenhum momento maltrata ou magoa a mocinha, pelo contrário!!! Ken a protege dos ex-namorados ou das amigas que querem arranjar um homem perfeito para ela.
Ele é um verdadeiro cavalheiro desde o início, pois tomou a iniciativa de evitar que Jenny afogasse suas mágoas no vinho e quis que os dois desabafassem seus problemas.
Também adorei quando Ken confessou que procurava o verdadeiro amor, aquele que faz com que escutemos músicas.

O romance é lindo e fala direto aos solteiros que estão em busca de seu par ideal...
Sem todas aquelas temáticas cheias de idas e voltas, lágrimas das mocinhas e palavras duras/brutas dos mocinhos, mas com um argumento interessante que reune os dois: a necessidade de alguém do sexo oposto para ser acompanhante em festas, reuniões familiares e casamentos. Afinal, segundo Jenny há uma conspiração da sociedade contra as pessoas solteiras.

É a história de dois estranhos que passam por uma situação ruim, que precisam desabafar e que se tornam amigos e se ajudam. Com o convívio, têm a certeza de que a sociedade não conspirava para que se sentissem sozinhos, apenas não tinham se conhecido antes.

- Destaques românticos:

1.
— A verdade é que sou um romântico incorrigível. Do tipo que sempre quis se apaixonar perdidamente. Também sou idealista. Eu sabia que em algum lugar do mundo existia uma mulher que iria me completar. — Riu suavemente. — Sei que parece besteira, mas sempre pensei que quando estamos apaixonados temos de ouvir uma verdadeira orquestra tocando em nossas almas. Por isso, desisto se não ouço a tão esperada melodia.

2.
— Lá es­tava eu, sentindo-me miserável e solitário quando você entrou no salão como se fosse uma lufada de vento num dia insuportável de verão. — Segurando-a pelo queixo, completou quase que num sussurro: — Então ouvi a música pela qual tanto ansiava.

3.
— Não, meu amor, o romantismo pode ser incurá­vel, mas não é uma loucura, é um sopro de vida. E tudo o que lhe peço, Jenny, é que me dê uma chance de fazê-la feliz. Não quero ser como um dos sapos que você beijou e que, contrariando sua expectativa, não se transformou em príncipe. Quero, sim, ser o homem que vai fazer de tudo para torná-la a mulher mais feliz desse mundo.

4.
Foi então que, como num passe de mágica, um trio de violinistas e um saxofonista se reuniram ao redor deles e começaram a tocar uma doce e suave melodia.
(...)
— Eu não poderia correr o risco de você não ouvir a canção dos apaixonados — grace­jou. — Por isso dei um jeitinho — confessou, então beijou-a com ardor.

-> Quer baixar esse livro? Clique aqui!

quarta-feira, 25 de março de 2009

Becky Bloom... por uma mocinha chique de doer!


Sophie Kinsella - Os Delírios de Consumo de Becky Bloom.

Editora: Record.
Páginas: 432.

Rebecca Bloom é uma garota londrina com um péssimo hábito. É uma consumidora compulsiva.
Apesar de ser uma jornalista especializada em mercado financeiro, não consegue controlar as próprias finanças. Endividada até a alma, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito.
E ainda encontra tempo para se apaixonar.
Um romance de estréia muito divertido que faz um retrato de quase todas as mulheres que conhecemos.

Comentários:

Até poderia ser mais um besteirol americano... ou quem sabe não seria outra história de patricinhas?
Nada disso! É uma história de mulher. Uma mulher com um grande respeito pela moda. Esse respeito é tão grande que fica muito difícil pensar em coisas menores como o saldo do cartão de crédito ou como irá arrumar dinheiro para quitar as dívidas com o seu banco. Mas nada tão preocupante que consiga apagar o brilho dos cartazes de Liquidação, 50% de desconto, Leve dois pague um, Brinde na compra de..., Acumule pontos e concorra a...

Lembrando que ela é uma jornalista que escreve sobre finanças e dá dicas de como usar seu dinheiro que não consegue sair do cheque especial.
Afinal, sempre se pode apelar para C.G. e G.M.D.(Cortar Gastos e Ganhar Mais Dinheiro, respectivamente). Ou alguém pode enganar-se e pagar sua conta do cartão. Ou ainda pode ganhar na loteria. Você também pode fugir de seu gerente do banco, ficar doente, perder seu cachorro e a querida Tia Ermentrude. E, quando tudo isso falha, pode casar com um milionário (se o rosto dele parece com uma fuinha, o álcool obviamente vai ser a chave da felicidade conjugal.).

É preciso ter muita criatividade para driblar a sua péssima situação financeira e fazer compras com tanta economia (?). E Rebecca Bloom é especialista nisso. Mas não pensem que ela é apenas mais uma patricinha (pobre, devo acrescentar!). Becky é uma sonhadora extremamente otimista, é sensível, carinhosa, amiga e criativa. Uma pessoa que sempre precisa de mais alguns itens em seu vestuário. Por causa disso, passa por várias situações desastrosas e divertidas.

No fundo, ela é apenas alguém tentando encontrar seu lugar no mundo, se conhecer e lutar pelo que acredita(como qualquer um de nós). Alguém na travessia entre o mundo infantil e o adulto. Clarice Lispector disse que “perder-se também é caminho” e essa frase reflete bem esse romance. Becky precisa estar no fundo do poço para encontrar seu caminho... precisa fazer com que as pessoas a respeitem e a ouçam... precisa trabalhar em algo que desperte seu entusiasmo e paixão... precisa pagar todas suas contas... precisa amadurecer. Seu caminho é longo e cheio de desafios (e diversões para seus leitores!).

Ah... e não esqueçam de acrescentar um sedutor e expert em finanças na história. Afinal, Luke Brandon parece enxergar a verdade com seus olhares penetrantes e saber que ela é uma fraude. Ele parece ser a sua consciência, apontando seus erros e exageros. Só que muitas vezes não oferece o respeito que Becky merece... E, com certeza, deveria ter sofrido um pouco para conquistá-la.

Enfim, esse romance é ótimo. Leve, divertido e sensível. Impossível de largar antes do fim. A personagem criada por Sophie Kinsella é cativante e consegue nossa solidariedade a respeito de sua pequena devoção às compras. Leitura recomendadíssima!!!

- Partes interessantes:

* Os memorandos do banco e dos cartões para Becky;
* A compra da mala com Luke;
* A “volta por cima” de Becky.

- Trechos em destaque:

1. – Rebecca, não seja boba! – diz Luke. – Olha, sinto muito se você não sabia sobre minha namorada. – Ele levanta suas sombrancelhas num ar questionador e eu quero bater nele. – Mas ainda podemos ser amigos, não podemos?

– Não – respondo com dificuldade, ciente de que minha voz está grossa e meus olhos estão ardendo. – Não, não podemos. Amigos se tratam com respeito. Mas você não me respeita, não é, Luke? Você só me vê como uma piada. Uma ninguém. Bem... – Engulo em seco. – Bem, eu não sou.

E antes que ele consiga dizer alguma coisa mais, eu me viro, rapidamente, saio do restaurante, um pouco cega das lágrimas de decepção.

Gostei muito dessa parte, pois ela demonstra atitude. Ele sempre adota um tratamento ambíguo... mostra interesse por ela. E, bem depois, solta essa de ter namorada... Ninguém merece!!!

2. – Então, eu deixei você baratinado também? – pergunto, fazendo um ar de indiferença.
O silêncio toma conta do ambiente e, depois de algum tempo, olho para ele. Luke está com os olhos em mim, com uma expressão séria que faz meu coração começar a bater forte.
– Você tem me deixado assim já há algum tempo, Rebecca – diz ele calmo. Mantém o olhar por uns segundos enquanto eu também estou olhando fixo para ele, incapaz de respirar – depois desvia para o menu.

Hummmm! Já dava para imaginar que a tal namorada viraria ex...

- Fique por dentro das loucuras de Becky:

Série Becky Bloom:

* Os Delírios de Consumo de Becky Bloom;
* Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5ª Avenida;
* As Listas de Casamento de Becky Bloom;
* A Irmã de Becky Bloom;
* O Chá-de-bebê de Becky Bloom.

- Esse livro virou filme.

A estréia está prevista para abril. A atriz Isla Ficher interpreta Becky Bloom e Hugh Dancy faz Luke Brandon.

Assista ao trailer aqui:

video

domingo, 22 de março de 2009

Jacob - o demo TDB!


Bianca 863, Jacquelyn Frank - Jacob.

Temática: Sobrenatural.
Par romântico: Jacob “O Defensor” e Isabella Russ.

1º livro da série
Nightwalkers.


Desde o início dos tempos existem os Nightwalkers - seres noturnos que vivem nas sombras da lua. Amar uma humana é absolutamente proibido, e um homem garante o cumprimento dessa antiga lei: Jacob, o Defensor...

Por 700 anos ele resistiu à tentação, imune aos desejos proibidos, ao apetite incontrolável ou à maldição da lua. Seu controle é total, até o momento em que ele vê Isabella numa rua sombria de Nova York. Salvar a vida daquela jovem não faz parte de seus planos... Tampouco Jacob estava preparado para a força dos sentimentos que ela lhe desperta. Mas, no momento em que acolhe nos braços, o delicado e tentador corpo feminino, uma atração poderosa explode entre eles, uma paixão proibida que sobrepuja tudo aquilo em que Jacob sempre acreditou e que sempre defendeu...

Comentários:

“Os fãs do gênero paranormal vão devorar este livro.”
Lori Foster


Arriscaria acrescentar alguns detalhes à frase acima: os fãs de romances bem fundamentados, ricos em informações, que serão retomadas posteriormente, cenas bem detalhadas e personagens muito bem caracterizados irão devorar, suspirar e se apaixonar por demônios...

Nightwalkers são seres da noite que vivem entre os humanos. Eles são seres pacíficos e têm poderes. São 6 raças: Demônios, Druidas, Mistrais, Povo das Sombras, Licantropos e Vampiros.
Cada demônio pode manipular um elemento, como: Água, Vento, Terra, Mente, Corpo e Fogo.

Incrível como a autora consegue desmistificar a palavra demônio, a qual, na significação moderna, vem sendo ligada à idéia de “Espírito do mau”. Na língua grega, a palavra Daimon, da qual se origina, significa “Deus”, “poder divino”, “gênio”, “inteligência”, e emprega-se para designar os seres incorpóreos, bons ou maus, sem distinção.
Por isso, não precisam ter medo desse demônio. Ele é do bem... rsrs

Voltando a história, Jacob é o demônio da Terra responsável por defender seu povo da loucura durante a lua sagrada (lua cheia) e ainda de tentar resgatar os que foram intimados pelos nigromantes (humanos feiticeiros que, através da magia negra, podem aprisionar e manipular os demônios). Em virtude dos castigos que aplica aos demônios que tentam acasalar com seres humanos, ele é temido e solitário.
Em um de seus resgates, Jacob conhece e salva Isabella, uma humana que faz com que ele tenha desejos nada compatíveis com a sua posição de Defensor. O problema fica ainda pior quando ela parece desenvolver certas habilidades mais próximas de uma raça extinta, os druidas.
Para descobrir mais sobre essas mudanças é preciso mantê-la próxima. Mas estar perto dela provoca sensações tão fortes em seu corpo e em seu coração... é arriscar quebrar a regra de não tocar e machucar seres tão indefesos como a raça humana.
Isabella, sendo bibliotecária, encontra na extensa biblioteca dos demônios uma antiga profecia. Dois defensores, uma druidisa e um demônio, precisam se encontrar e se relacionar para evitar a disseminação da loucura entre os demônios.

Vou parar por aqui, pois em meu entusiasmo posso querer contar a história toda!!! Basta dizer que esse romance é ma-ra-vi-lho-so! Recomendadíssimo!!!
Jacob é extremamente protetor, carinhoso e correto com Isabella. Ela, apesar de um pouco atrapalhada (o que faz com que ela seja mais “normal”), é uma mocinha interessante, forte e que sabe o quer.

Conheça a série Nightwalkers:

* Bianca 863, Jacquelyn Frank - Jacob;
* Bianca 865, Jacquelyn Frank -
Gideon;
* Bianca 873, Jacquelyn Frank -
Elijah;

* Bianca 878, Jacquelyn Frank - Damien;
* Bianca 886, Jacquelyn Frank - Noah.

Obs: Os títulos dos livros apresentados em cor diferente são links para postagens/comentários sobre eles.

Destaques românticos:

1.
“Sempre que Jacob se aproximava, ela se curvava inevitavelmente como uma flor buscando o calor e a luz do sol.
- Como raízes buscando o alimento ofertado pelo solo... - ele corrigiu. - Mas tudo isso pode servir para descrever o que sinto, minha flor. - A voz dele era quente como a terra banhada pelo sol. - Sempre que a vejo, sou
dominado pela necessidade de lançar raízes próximas das suas, de entrelaçá-las para sempre, de plantar meu caule em seu corpo para que você possa nutrir-me. ”

2. “- Quer mesmo que eu fique? Quer que eu faça parte da sua vida como eu o quero na minha? Diga que não sou a única a estar aprendendo o que significa amar alguém a ponto de se sentir incompleta longe dessa pessoa.
- Isabella, nunca duvidei do meu amor por você. Meu medo é não saber ser digno do seu amor por mim.
- Você é digno do que há de melhor no mundo, Defensor. Nos últimos quatro séculos, tudo que conheceu foi censura e hostilidade. Mas agora eu estou aqui, eu não vou mais permitir que isso aconteça. Fique comigo, Jacob.
Eu amo você, minha flor. ”


3. “- Oh, Jacob! Nunca imaginei que pudesse ter tanta sorte.
- Sorte? Se bem me lembro, você teve o azar de cair da janela!
- Ah, mas aquilo foi o começo da sorte, porque você estava bem no meu caminho. E me pegou!
- Não, minha flor. Você me pegou. E espero que nunca mais me solte!”

~> Uma ressalva:

Poxa!!! Fiquei interessada na história do irmão de Jacob, Kane, com a irmã de Isabella, Corrine. Não tem????

-> Adorou? Pegue aqui o seu Jacob!

sábado, 21 de março de 2009

Selimemê + dia do blogueiro atrasado!

Bem...

Débora, do
Leitura Nossa, me presenteou com um selimemê. Eu adorei, é claro!!!
Preciso falar oito coisas sobre mim e indicar oito blogs... Essa última tarefa é que é complicada. A maioria dos blogs que acompanho já receberam... então, se alguém não recebeu e quiser continuar a brincadeira, sinta-se convidado.

Falando um pouco sobre a srta. Camilla (oito coisas, como foi pedido):

1. Eu não gosto de acordar cedo... e quando é preciso, sou adepta do “só mais cinco minutinhos”. Eles sempre se transformam em meia hora... aí já viu, né?! Acabo chegando um pouco atrasada... rsrs;

2. Eu tenho 24 anos, mas pareço uma criança... Adoro desenhos animados, revistas em quadrinhos, aniversários de criança (pelos docinhos... hummmm!!!), algodão doce... enfim, conservo com muito carinho as minhas memórias de infância e acho chato ser adulta o tempo todo;

3. Eu adoooooooooro ler (ninguém sabia, né?! rsrs). Esse vício surgiu desde pequena quando li Pollyanna. A partir daí só parei quando o dinheiro não me permitia comprar livros;

4. Sou formada em Letras... No final do ano tive a sorte de passar no concurso da minha cidade e agora fui chamada! Obaaaaa! Vou trabalhar em algo que gosto e finalmente terei dinheiro para comprar meus livrinhos...; *suspirando*

5. Quando gosto de alguém faço tudo que posso pela pessoa... simplesmente me sinto mal em negar qualquer coisa. Isso, por muitas vezes, me fez sair magoada, mas não consigo mudar e nem acho que deva. As outras pessoas é que precisam ser verdadeiras;

6. Adooooro assistir filmes e seriados. Quanto aos longas, prefiro comédia, romance e drama. Já as séries, gosto de um bom suspense com elementos de terror e ficção científica, como por exemplo: Arquivo X, Supernatural, Heroes e LOST;

7. Já fui uma pessoa muito insegura... Hoje, aprendi a enxergar a beleza das coisas imperfeitas. Pode ser um discurso muito batido, quase clichê, mas “a verdadeira beleza está dentro de nós”;

8. Sou chocólatra... O próximo mês é o meu preferido... não é só porque ganho vários ovos, caixas de bombom e barras... afffff! Bye bye dieta...

****************

Ah... Ontem foi o dia do blogueiro! Então, parabéns para todos que adoram blogar...

Selinho cheio de charme criado pelas Meninas Maldosas...

É isso... Até o próximo romance!
Jacob está aguardando impaciente...

quarta-feira, 18 de março de 2009

Recebi um selo!


Acabei de receber esse mimo da querida Rafa, do blog Canto de Meninas. Bem vinda de volta!!! Adorei a lembrança! =)

Queria aproveitar esse momento para agradecer o carinho e as visitas que venho recebendo ultimamente... Quando criei esse meu cantinho, não esperava que alguém, além de mim, pudesse se identificar e gostar das minhas humildes opiniões sobre os romances que leio. Agora sinto alegria em poder dialogar com outras meninas tão românticas e leitoras compulsivas quanto eu. Obrigada mesmo!!!

Voltando ao selo, as regras são as seguintes:

1. Exibir a imagem;
2. Linkar o Blog do qual recebeu o selo;
3. Escolher 15 Blogs para entregar o prêmio e avisá-los.*

*Como não conheço muitos blogs e outros já receberam, indicarei cinco blogs que merecem atenção, visitas e diálogos constantes.

Os blogs que escolhi são:

- Débora Lauton: http://leituranossa.blogspot.com/
O blog destaca-se tanto pelo layout quanto pelos comentários, escolhas literárias e o respeito pela diversidade. Parabéns, Déb!

- Chelle Alves: http://romancespoesiaepoemas.blogspot.com/
Mais uma companheira (romântica) que sabe escolher belas palavras, músicas, poemas e trechos que devem ser lidos, apreciados e interiorizados. Parabéns e continue nos deliciando!

- Isis Maat: http://romsobrenatural.blogspot.com/
Todas as românticas devem conhecer e visitar constantemente esse blog para manter seu vício sempre bem alimentado. Maravilhosa iniciativa!

- E.: http://floramoreblablabla.blogspot.com/ e http://devaneiosdeumlapis.blogspot.com/
Porque quanto mais simples, verdadeiras e despretensiosas as palavras, mais gostoso e confortável fica ler.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Odiamos amar DP!!!


Edição de Colecionador 01, Diana Palmer - Mensageira do Amor.

Temática: Chefes irresistíveis.
Par romântico: Wantworth Carson e Amélia Glenn.


Vestida de Odalisca e ensaiando passos de dança do ventre, Amélia Glenn invade o escritório de Wantworth Carson, canta ‘Parabéns a Você’ e depois o beija na boca.
Quando aceitou levar um “telegrama falado” ao maior magnata da construção de Chicago, ela esperava tudo, menos encontrar um homem irresistível, capaz de despertar seu desejo.


Adorei esse livro!!! Como é recorrente nas histórias de DP, a mocinha é virgem (com 28 anos?!), mas pelo menos não é totalmente submissa (Leia: mosca-morta! - como outras mocinhas famosas da Diana...). Ela é amorosa, um tanto ingênua, mas ainda tem certas doses de independência e autoridade que a faz ser interessante.
O mocinho, Worth, simplesmente é um solitário. Ele tem alguns gestos bem românticos... ainda que fale muitos desaforos para Amélia. Mas toda vez que a chama de Amy, dá para perceber que ele só não quer ser o primeiro a “dar o braço a torcer!”.

-> Ficou interessada? Baixe aqui!